Vagas Para (04) Facilitador de Ligações

Vagas Para (04) Facilitador de Ligações


A Organização Comunitária para Saúde e Desenvolvimento - OCSIDA, é uma Organização Comunitária líder em campanhas de mobilização comunitária, parceira da Fundação MASC, com a sua sede Província de Maputo, Distrito de Marracuene e com subdelegações nos Distritos de Chókwe, Xai-Xai; Limpopo; Guijá e Mabalane, com o objectivo de promover o desenvolvimento comunitário através do combate a pobreza, intervenção em acções de Saúde Publica, Direitos Humanos, justiça social e Desenvolvimento da Primeira Infância. No âmbito do Projecto COVida, a OCSIDA pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (04) Facilitador de Ligações baseado no Distrito de Limpopo.


Descrição da Posição

A figura designada “Facilitador de Ligações”, será o elo de ligação permanente entre uma Unidade Sanitária de referência nas áreas geográficas de actuação do Projecto e os actores comunitários (activistas, activistas chefes, supervisores de campo) do Projecto COVida. Esta posição será desempenhada por uma pessoa, que estará alocado a tempo inteiro na US, isso é, de 2ª à 6ª feira das 7:30 as 15:30 horas, preferivelmente no sector onde são atendidas crianças dos 0-17 anos HIV+ em TARV com principal objectivo de oferecer informação do pacote dos serviços oferecidos pelo COVida ao nível da comunidade, identificar beneficiários com critérios para inclusão no projecto e referir para os activistas do COVida nas comunidades. 

Esta figura tem como responsabilidade máxima estabelecer a ligação entre os utentes da US com o COVida, beneficiários do COVida identificados na comunidade com a unidade sanitária, reforçando o sistema de referência e contra referência entre os diferentes serviços de saúde/portas de entrada, bem como a navegação dos beneficiários dentro da US e ligação destes com a comunidade, após atendimento na US.


Perfil Recomendado:

  • Saber ler e escrever.
  • Falar a língua local.
  • Ser uma pessoa dinâmica, comunicativa e com capacidade de persuasão.
  • Ser uma pessoa sigilosa e com capacidade de manter a confidencialidade.
  • Experiência de trabalho em programas de saúde ao nível da unidade sanitária ou da comunidade.
  • Conhecer o fluxo da Unidade Sanitária para a gestão/manejo de casos suspeitos ou confirmados de HIV/SIDA, tuberculose ou violência, pode ser uma vantagem.
  • Ter o mínimo de 25 anos de idade.
  • Mínimo de 10ªclasse do Sistema Nacional de Educação. Ou equivalente.



Tarefas e Responsabilidades:

  • Reforçar a contribuição do projecto COVida no âmbito da retenção ao nível da US para os técnicos de saúde e parceiros clínicos, assim como para os utentes. 
  • Apoiar os técnicos de saúde e parceiros clínicos na identificação e referência de potenciais beneficiários na Unidade Sanitária para as OCBs implementadoras do COVida.
  • Realizar a triagem dos beneficiários referidos pelo pessoal da US, para determinar a sua elegibilidade ao COVida.
  • Providenciar informação mais detalhada sobre o COVida aos beneficiários referidos pelo pessoal de saúde. Garantir que o beneficiário se sinta confortável e confiante em relação a sua participação no projecto (minimizar a partilha dos dados falsos).
  • Elaborar a lista dos beneficiários referidos pela US (nos diferentes sectores) e partilhar tanto com a US, bem como com o supervisor da OCB para futuro cruzamento de informação. 
  • Obter o endereço, contactos do beneficiário para a visita domiciliar do activista:
  • Dar as características do activista que fará a visita (ex: identificação através de camisete, boné, crachá).
  • Solicitar a concessão de espaço mínimo de 5-10 minutos durante as palestras matinais nas US para falar da projecção COVida aos utentes.
  • Promover/divulgar os serviços comunitários oferecidos pelo COVida, bem como o sistema de referência e contra referência entre serviços comunitários e US durante as palestras rotineiras nos diferentes grupos existentes (grupos de mães mentoras, chá positivos, etc.).
  • Apoiar os beneficiários referidos pelo COVida, na identificação do gabinete de consulta de acordo com a guia de referência providenciada na comunidade.
  • Fazer a colecta e garantir/solicitar a assinatura da contra referência após consulta e atendimento dos beneficiários do COVida na unidade sanitária. 
  • Participar em encontros internos da unidade sanitária para a discussão de casos (Comité TARV ou Gestão de caso), juntamente com o supervisor ou coordenador da OCB. Ocasionalmente, será também solicitado para participar em encontros de coordenação e capacitação ao nível da OCB.
  • Estabelecer parceria com outros actores existentes na US (parceiro clínico e comunitários) de modo permitir o fluxo de informação de um parceiro para outro.


Exigências

Carta de Apresentação/ Candidatura;
Curriculum Vitae;
Certificado(s) (Relevante(s) para área).


Processo de Candidatura

Os Documentos devem ser submetidos num envelope selado no Escritório da OCSIDA na Macia
Endereço: Vila da Macia ao longo da Estrada Nacional N1, perto da Escola de Condução Novo Milénio  
Email: ocsidamoz@yahoo.com.br 
Validade: 15/06/2020
Local: Bilene – Gaza


Aviso Legal

A OCSIDA- Organização Comunitária para Saúde e Desenvolvimento, não faz nenhum tipo de cobranças em quaisquer das fases do processo de recrutamento e não procede por via de agentes de recrutamento e são estritamente observados os princípios de ética, Integridade e transparência.

Qualquer tipo de cobrança de valores no processo de recrutamento, envie denúncia no seguinte e-mail: sovagasmoz@gmail.com




DICAS PARA CONSEGUIR EMPREDO:



COMPARTILHE ESTA OPORTUNIDADE NAS REDES SOCIAIS E SIGA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK PARA NÃO PERDER NENHUMA VAGA DE EMPREGO